Microstructured drug-delivery systems as solid dispersions using peg 6000 and polysorbate 80 containing hydrochlorothiazide: development, synthesis, and physicochemical and morphological characterization

Conteúdo do artigo principal

Danielle Costa Vargas Redondo
Adriano Reis José da Silva
Bruno Batista da Silva
Marcelo Guimarães

Resumo

A biodisponibilidade indica a velocidade de dissolução e absorção do fármaco pelo seu sítio ativo, caracteriza potencialização do efeito farmacológico, dosagem de um medicamento, e a eficácia de um tratamento. Sistemas microestruturados possibilitam o aumento na eficácia nos processos de liberação e absorção de fármacos que apresentam baixa solubilidade em meios fisiológicos e possuem extrema importância na área de desenvolvimento de medicamentos e novas formas farmacêuticas. O medicamento contendo hidroclorotiazida, distribuído pelo RENAME e amplamente utilizado para o tratamento da hipertensão arterial é classificado como pouco permeável e pouco solúvel, possuindo assim, uma baixa absorção e biodisponibilidade, o que requer a administração de altas doses, de modo a gerar efeitos colaterais e falta de aderência ao tratamento. A aplicação de um sistema drug-delivery microestruturado na forma de dispersão sólida contendo hidroclorotiazida, fármaco lipofílico, disperso em uma matriz sólida constituída pelos carreadores hidrofílicos PEG6000 (polietilenoglicol) e polisorbato80, visa o aumento da solubilidade, perfil de dissolução e consequentemente da biodisponibilidade do fármaco. O sistema foi caracterizado físico-quimicamente e morfologicamente por meio de testes como microscopia eletrônica de varredura (MEV), além de análises de termogravimetria (TGA), calorimetria exploratória diferencial (DSC) e espectroscopia de absorção na região do infravermelho, apresentando resultados satisfatórios que sugerem a formação de um eficiente e inovador sistema de liberação de fármacos.

Detalhes do artigo

Como Citar
1.
Costa Vargas Redondo D, Caruso Leite E, Reis José da Silva A, Batista da Silva B, Guimarães M. Microstructured drug-delivery systems as solid dispersions using peg 6000 and polysorbate 80 containing hydrochlorothiazide: development, synthesis, and physicochemical and morphological characterization. Braz. J. Nat. Sci [Internet]. 19º de dezembro de 2022 [citado 4º de março de 2024];4(3):E1662022, 1- 12. Disponível em: https://bjns.com.br/index.php/BJNS/article/view/166
Seção
Artigo em fluxo contínuo
Biografia do Autor

Adriano Reis José da Silva, Universidade Presbiteriana Mackenzie

Auxiliou no processo de análise microscópica e Físico-quimica.

Bruno Batista da Silva , Universidade Presbiteriana Mackenzie

Auxiliou nas análises físico-quimicas e morfológicas 

Marcelo Guimarães, Universidade Presbiteriana Mackenzie

Auxiliou em todo o processo de escrita, análise e ourientação.

Referências

ALMEIDA, H. E. P. P. de J. Preparação e caracterização de dispersões sólidas e micropartículas lipídicas contendo Ibuprofeno. 2009. Disponíveis em: < https://repositorio-aberto.up.pt/bitstream/10216/20817/2/DISSERTA%C3%83O.pdf>. Acesso em: 29 mar. 2019

ALVES, L. Desenvolvimento de dispersões solidas binarias visando a incrementada solubilidade aquosa do antirretroviral Efavirenz. 2010. 131 f. Dissertação (Mestrado)- Curso de Inovação Terapêutica, Centro de Ciências Biológicas, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2010. Disponível em: https://repositorio.ufpe.br/bitstream/123456789/9247/1/arquivo2944_1.pdf. Acesso em: 27 abr. 2019.

AMIDON, G. L. et al. A theoretical basis for a biopharmaceutic drug classification: the correlation of in vitro drug product dissolution and in vivo bioavailability. Pharm. Res., v.12, p. 413-420, 1995. Disponível em: <https://link.springer.com/article/10.1023/A:1016212804288 >. Acesso em: 05 jul. 2019.

ANVISA. Agência Nacional de Vigilância Sanitária. O que devemos saber sobre medicamentos. 2010. 100 p. Disponível em: http://portal.anvisa.gov.br/documents/33836/2501339/O+que+devemos+saber+sobre+medicamentos/f462f5a1-53b1-4247-9116-a6bcd59cae6c. Acesso em: 15 fev. 2020.

CHOBANIAN, et al. The Seventh Report of the Joint National Committee on Prevention, Detection, Evaluation, and Treatment of High Blood Pressure: the JNC 7 report. JAMA, v.289, n.19, p.2560-72, 2003.

CHOI, J. et al. Solid dispersion of dutasteride using the solvent evaporation method: Approaches to improve dissolution rate and oral bioavailability in rats. Materials Science and Engineering: C, [S. l.], v. 90, p. 387–396, 2018. Disponível em: https://doi.org/10.1016/j.msec.2018.04.074. Acesso em: 3 mar. 2020.

DE SOUZA, C. M. P. et al. Thermal analysis study of solid dispersions hydrochlorothiazide. Journal of Thermal Analysis and Calorimetry, [S. l.], v. 131, n. 1, p. 681–689, 2017. Disponível em: < http://link.springer.com/10.1007/s10973-017-6091-0> . Acesso em: 03 mar. 2020.

DEDAVID, B. A.; GOMES, C. I.; MACHADO, G. Microscopia eletrônica de varredura: aplicações e preparação de amostras. Disponível em: <http://www.pucrs.br/edipucrs/online/microscopia.pdf>. Acesso em: 25 mar. 2019.

DOBROWOLSKI, A. et al. Preparation of submicron drug particles via spray drying from organic solvents. International Journal of Pharmaceutics, [S. l.], v. 567, p. 118501, 2019. Disponível em: https://doi.org/10.1016/j.ijpharm.2019.118501. Acesso em: 4 mar. 2020.

ELOY, J. Dispersões sólidas de ácido ursólico para otimização da doença de chagas. 2012. Mestrado em medicamentos e cosméticos- Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2012. Disponível em: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/60/60137/tde-28092012-133532/. Acesso em: 29 mar 2021.

FARMACOPEIA BRASILEIRA. [S. l.], [s. d.]. Disponível em: https://www.gov.br/anvisa/pt-br/assuntos/farmacopeia/farmacopeia-brasileira/brasileira. Acesso em: 30 mar. 2021.

GOMES, T. A. et al. Estratégias utilizadas para o incremento da solubilidade do fármaco antiretroviral classe II: Efavirenz. Revista de Ciências Farmacêuticas Básica e Aplicada, [S. l.], v. 36, n. 2, 2015. Disponível em: http://rcfba.fcfar.unesp.br/index.php/ojs/article/view/39. Acesso em: 10 ago. 2020.

JATWANI, S. et al. ChemInform Abstract: An Overview on Solubility Enhancement Techniques for Poorly Soluble Drugs and Solid Dispersion as an Eminent Strategic Approach. ChemInform, [S. l.], v. 44, 2012. Disponível em: https://doi.org/10.1002/chin.201313244. Acesso em: 10 ago. 2020.

KATZUNG, Bertram G. Farmacologia Básica e Clínica. 8ªEdição, Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2003.

KUMAR, Sachin et al. Bio Pharmaceutics Classification System (BCS) Class IV Drug Nanoparticles: quantum leap to improve their therapeutic index. Advanced Pharmaceutical Bulletin, [S.I.], v. 8, n. 4, p. 617-625, 29 nov. 2018. Maad Rayan Publishing Company. http://dx.doi.org/10.15171/apb.2018.070. Disponível em: https://apb.tbzmed.ac.ir/Article/apb-19562#1. Acesso em: 14 mar. 2020.

LACERDA, D.; LIONZO, M. ASPECTOS ATUAIS DA BIODISPONIBILIDADE DE FÁRMACOS COM BAIXA SOLUBILIDADE: Um enfoque sobre a sinvastatina. Centro Universitário Metodista do IPA. Porto Alegre – RS, Brasil. Vol. 24. Nº 5/6. 2011.

LARIZA, D. et al. Avanços, propriedades e aplicações de dispersões sólidas no desenvolvimento de formas farmacêuticas sólidas. Revista de Ciências Farmacêuticas Básica e Aplicada, [S. l.], v. 33, 2012.

LIRA, L. M. Avaliação de sistemas nanoparticulados baseados em bentonita sódica purificada como incrementadores de dissolução em comprimidos preparados por granulação úmida e compressão direta. Disponível em: <http://objdig.ufrj.br/59/teses/648277.pdf>. Acesso em: 25 mar. 2019.

MENDES, C. Estratégias Para a Melhoria Das Propriedades Biofarmacêuticas De Fármacos Classe IV: Desenvolvimento De Sistemas Nanoestruturados Para a Hidroclorotiazida E Norfloxacino. 2016.

NEW JERSEY CENTRE FOR BIOMATERIALS (NJCBM). Basic and translational researchand developing new biomaterials. Disponível em :<http://www.njbiomaterials.org/NJCB_Files/File/Skin%20Workshop/3.%20McKelvery_Presentation.pdf > Acesso em 18 nov 2020.

PATEL, D. A.; PRICE, G. Drug Bioavailability. [S. l.]: StatPearls Publishing, 2020. E-book. Disponível em: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/books/NBK557852/. Acesso em: 8 ago. 2020.

PATIL, M.; WAYDANDE, S.; PAWAR, P. Design and evaluation of topical solid dispersion composite of voriconazole for the treatment of ocular keratitis. Therapeutic Delivery, [S. l.], v. 10, n. 8, p. 481–492, 2019. Disponível em: https://doi.org/10.4155/tde-2019-0021. Acesso em: 14 mar. 2020.

RANJOUS, Y. et al. Optimization of the Production Process and Product Quality of Titanate Nanotube–Drug Composites. Nanomaterials, [S. l.], v. 9, n. 10, p. 1406, 2019. Disponível em: https://doi.org/10.3390/nano9101406. Acesso em: 14 mar. 2020.

SILVA, E.; PAOLA, M.; MATOS, J. Análise térmica aplicada à cosmetologia. Rev. Bras. Cienc. Farm., São Paulo , v. 43, n. 3, p. 347-356, Sept. 2007 . Disponível em: <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S151693322007000300004&lng=en&nrm=iso>. Acesso em: 30 Mar. 2021.

SIMÕES, M. Q. Tecnologias de obtenção de dispersões sólidas de fármacos com baixa solubilidade: revisão. 2015. Disponível em: <http://www.academia.edu/18978813/TECNOLOGIAS_DE_OBTEN%C3%87%C3%83O_DE_DISPERS%C3%95ES_S%C3%93LIDAS_DE_F%C3%81RMACOS_COM _BAIXA_SOLUBILIDADE_REVIS%C3%83O>. Acesso em: 05 nov. 2019.

STORPIRTIS, S. et al. Farmacocinética Básica e Aplicada. Guanabara Koogan. Cap. 1. p. 3-16. 2011.

VARGAS, M. R. W. Dispersões sólidas de sinvastatina: preparação, caracterização, no estado sólido utilizando técnicas emergentes e estudo de estabilidade. Disponível em:<https://repositorio.ufrn.br/jspui/bitstream/123456789/13869/1/MaraRWV_TESE.pdf>. Acesso em: 25 mar. 2019.

VASCONCELOS, T.; SARMENTO, B.; COSTA, P. Solid dispersions as strategy to improve oral biovailability of por water soluble drugs. Drugs Discovery Today, v. 12, n 23- 24, p. 1068-1075, 2007.

VILLANOVA, J. C. O.; ORÉFICE, R. L.; CUNHA, A. S. Aplicações farmacêuticas de polímeros. 2010 Disponível em: <http://www.scielo.br/pdf/po/v20n1/aop_pol_0497.pdf>. Acesso em: 12 jan. 2020.