Phyllanthus niruri L. (stone-breaker) as an alternative of anti-human diseases, antimicrobial agent, and its applicability to combat resistant microrganisms. A Brief Review.
Download (English)

Como Citar

1.
Maia F, Wijesinghe G, Oliveira T, Barbosa J, Busato de Feiria S, Boni G, Buso Ramos M, Anibal P, Höfling J. Phyllanthus niruri L. (stone-breaker) as an alternative of anti-human diseases, antimicrobial agent, and its applicability to combat resistant microrganisms. A Brief Review. bjns [Internet]. 25jul.2020 [citado 23set.2020];3(2):342. Available from: http://bjns.com.br/index.php/BJNS/article/view/99

Resumo

O microbioma humano sofre variação nas mais diversas regiões do nosso corpo, de acordo com as condições a qual está exposto, sendo de vital importância para a saúde humana. Apresenta diversas condições que podem promover o estabelecimento de microrganismos e em desequilíbrio favorecem o desenvolvimento de microrganismos patógeno-oportunistas, o conhecimento da distribuição destes microrganismos nos diferentes órgãos e seu papel biológico conduz a um melhor entendimento da sua complexa dinâmica, aprimorando o desenvolvimento de novas formas de diagnóstico e até mesmo de tratamento de certas patologias. Dentre as patologias mais estudadas na atualidade podemos citar as infecções ocasionadas por fungos são uma das áreas amplamente estudadas. Estes microrganismos estão se tornando cada vez mais resistentes aos tratamentos convencionais, aumentando os relatos de resistência, especialmente as espécies de Candida, que apesar de estar presente na flora normal do organismo humano vêm causando diversos casos de contaminação e infecções, denominados candidoses na literatura. Devido ao aumento da resistência aos tratamentos antifúngicos convencionais é necessário a elaboração de estratégias que possam prevenir e tratar a disseminação destes microrganismos. Para isso, estudos alternativos com plantas medicinais vêm crescendo e ampliando o entendimento e aplicabilidade de novos compostos com finalidades antimicrobianas, visto que, há milênios a humanidade utiliza plantas para tratamento de diversos tipos de doenças e esse conhecimento tradicional facilita a busca de alvos de pesquisa de componentes naturais provenientes de plantas, permitindo a comprovação científica desses efeitos terapêuticos. Este trabalho tem por objetivo um levantamento bibliográfico das aplicabilidades da planta de Phyllanthus niruri L. (Quebra-pedra), frente aos desafios da ciência ao desenvolver novas fontes de combate a microrganismos resistentes.

https://doi.org/10.31415/bjns.v3i2.99
Download (English)

Referências

Aita AM, Matsuura HN, Machado CA, Ritter MR. Espécies medicinais comercializadas como “quebra-pedras” em Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brasil. Revista Brasileira de Farmacognosia. 2009; 19(2): 471-477.
Alonso MA, Amaral MCE. Estudos taxonômicos e biossistemáticos no complexo Phyllanthus niruri L. (Phyllanthaceae). UNICAMP, 2010. Disponível em: .
Álvares CA, Svidzinski TIE, Consolaro MEL. Candidíase vulvovaginal: fatores predisponentes do hospedeiro e virulência das leveduras. J Bras Patol Med Lab 2007; 43(5): 319-327.
Barbosa JP. Atividade anti-Candida de óleos essenciais de espécies de Eucalyptus [dissertação]. Brasil: Faculdade de Odontologia de Piracicaba; 2018.
Bath V, Sharma SM, Shetty V, Shastry CS, Rao V, Shenoy MS, Saha S, Balaji S. Screening of selected plant essential oils for their antifungal activity against Candida species isolated from denture stomatitis patients. Nitte University Journal of Health Science 2014; 4(1): 46-51.
Bessa NGF, Borges JCM, Beserra FP, Carvalho RHA, Pereira MAB, Fagundes S, Campos SL, Ribeiro LU, Quirino MS, Chagas Junior AF, Alves A. Prospecção fitoquímica preliminar de plantas nativas do cerrado de uso popular medicinal pela comunidade rural do assentamento vale verde - Tocantins. Rev. Bras. Pl. Med, 2013; 15(4): 692-707.
Boni GC. Avaliação da atividade anti-Candida de compostos purificados isolados de diferentes espécies de Mentha [dissertação]. Brasil: Faculdade de Odontologia de Piracicaba; 2016.
Brasil. Farmacopéia Brasileira. 5. ed. Agência Nacional de Vigilância Sanitária. Brasília: Anvisa, 2010.
Braz AG, Silva AS, Costa VAM, Nabas JMABB. Quebra-Pedra (Phyllanthus niruri L): Considerações no Tratamento da Litíase Renal. Rev. Conexão Eletrônica 2015; 12(1): 1-8.
Cardoso VM. O Microbioma Humano [dissertação]. Portugal: Universidade Fernando Pessoa; 2015.
Colombo AL, Guimarães T. Epidemiologia das infecções hematogênicas por Candida spp. Rev. Soc. Bras. de Med. Trop. 2003; 36(5): 599-607.
Costa KRA, Santiago SB. Mecanismos de resistência da Candida albicans. Goiânia: Faculdade Alfredo Nasser; 2016.
Cruces IL, Patelli THC, Tashima CM, Mello-Peixoto ECT. Plantas medicinais no controle de urolitíase. Rev. Bras. Pl. Med. 2013; 15(4): 780-788.
Escola de Saúde Pública. Plantas Medicinais do Jardim Botânico de Porto Alegre [internet]. Porto Alegre: 2018 [acesso 2019 jul 23]. Disponível em: https://saude.rs.gov.br/upload/arquivos/carga20190154/17115411-e-book-plantas-m edicinais.pdf
Feiria, SNB. Avaliação do efeito antifúngico e inibição de fatores morfológicos em Candida spp. por espécies de Mentha [dissertação]. Brasil: Faculdade de Odontologia de Piracicaba; 2015.
Germano VE, Xavier CMR, Jales MMS, Albuquerque TVG, Lima ELF, Ribeiro LH. Microrganismos habitantes da cavidade oral e sua relação com patologias orais e sistêmicas: Revisão de literatura. Rev. Nova Esperança 2018; 16(2): 91-99.
Girach RD, Siddioui PA, Khan SA. Traditional plant remedies among the kondh (Orissa). Int. J. Pharmacol, 1994: 32: 274–283.
Kassuya CAL, Silvestre AA, Rehder VLG, Calixto JB. Anti-allodynic and anti-oedematogenic properties of the extract and lignans from Phyllanthus amarus in models of persistente inflammatory and neuropathic pain. European Journal of Pharmacology 2003; 478: 145–153.
Lamont RJ, Jenkinson HF. Oral microbiology at a glance. Inglaterra (Oxford): John Wiley e Sons: 2010; 85p.
Leão AFM, Güez CM, Duarte JA, Schmitt EG, Quintana LD, Zambrano, et al. Avaliação dos efeitos anti-genotóxicos Phyllanthus niruri (Euphorbiaceae) em leucócitos humanos expostos a agente agressor. Revista Saúde 2017; 43(1): 133-139.
Lee S K, Li PT, Lau DT, Yung PP, Kong RY, Fong W F. Phylogeny of medicinal Phyllanthus species in China based on nuclear ITS and chloroplast atpB-rbcL sequences and multiplex PCR detection assay analysis. Planta Med. 2006; 72: 721–726.
Lorenzi H, Matos FJA. Plantas medicinais no Brasil: nativas e exóticas. Nova Odessa: Instituto Plantarum, 2002. p. 428.
Marques LC. Phyllanthus niruri (Quebra-Pedra) no Tratamento de Urolitíase: Proposta de Documentação para Registro Simplificado como Fitoterápico. Revista Fitos 2010; 5(3): 20-33.
Martins ER, Lima LR, Cordeiro I. Phyllanthus (Phyllanthaceae) no estado do Rio de Janeiro. Rodriguésia, 2014; 65(2): 405-424.
Martins ER. O gênero Phyllanthus L. (Phyllanthaceae) na região sudeste do Brasil [dissertação]. Brasil: Universidade Federal de São Carlos, 2013.
Martins TVF, Almeida PSVB, Oliveira LL, Amaro MOF, Dal Prá V, Mazutti M, et al. Atividade antibacteriana de Brassica oleracea var. capitata em modelos experimentais in vitro. Rev. Monografias ambientais (REMOA-UFSM) 2012; 9(9): 2088-2100.
Menezes EA, Vasconcelos Júnior AA, Cunha FA, Cunha MCSO, Braz BHL, Capelo LG et al. Identificação molecular e suscetibilidade antifúngica de Candida parapsilosis isoladas no Ceará, Brasil. Jornal Brasileiro de Patologia e Medicina Laboratorial 2012; 48(6): 415-420.
Messias MCTB, Menegatto MF, Prado ACC, Santos BR, Guimarães MFM. Uso popular de plantas medicinais e perfil socioeconômico dos usuários: um estudo em área urbana em Ouro Preto, MG, Brasil. Rev. Bras. Pl. Med. 2015: 17(1): 76-104.
Nascimento JE. Estudo comparativo de três espécies de Phyllanthus (Phyllanthaceae) conhecidas por quebra-pedra (Phyllanthus niruri L., Phyllanthus amarus Schum & Thonn. e Phyllanthus tenellus Roxb.) [tese]. Brasil: Universidade Federal de Pernambuco; 2008.
Nunes FRS, Dias HMC, Cavalcante GM. Investigação das atividades antioxidante e antimicrobiana de duas espécies arbóreas ocorrentes no bioma caatinga. Rev. Estação Científica (UNIFAP) 2016; 6 (1): 81-90.
Oliveira BED, Sousa GSS, Melo HD, Pereira JF, Alves LA, Lorenzo VP. Estudo Fitoquímico e avaliação da atividade antibacteriana de Phyllanthus Niruri (Quebra - Pedra) em Escherichia coli. In: Congresso Norte e Nordeste de Pesquisa e Inovação 7 2012 out 19-21; Palmas, Tocantins.
Oliveira FF. Efeito dos extratos aquoso e etanólico de Phyllanthus niruri Linn. (quebra-pedra) sobre o testículo, próstata, fígado e rins de ratos wistar adultos: avaliação histopatológica, histomorfométrica e hormonal [tese]. Brasil: Universidade Federal Rural de Pernambuco; 2016.
Oliveira TR. Avaliação da toxicidade “in vivo”, atividade antifúngica e efeito anti-proliferativo do óleo essencial de Melaleuca spp. (Tea tree, Cajuput e Naiuli) sobre espécies do gênero Candida [tese]. Brasil: Faculdade de Odontologia de Piracicaba; 2018.
Oliveira VA, Oliveira VMA, Oliveira TWN, Damasceno ANC, Sousa CB, Nogueira TR, et al. Aspectos atuais sobre a utilização da Phyllanthus niruri (quebra-pedra) no tratamento da litíase renal. Revista Eletrônica Acervo Saúde 2019; 11(15): 1-10.
Purisco SU. Prevalência e sensibilidade a antifúngicos de espécies de Candida pouco frequentes como agentes de candidemia [dissertação]. São Paulo: Coordenadoria de Controle de Doenças; 2010.
Queiroga GMT. Plantas medicinais e fitoterápicas como alternativa terapêutica às infecções urinárias: um diagnóstico dessa realidade na saúde pública de Mossoró [dissertação]. Brasil: Universidade Federal Rural do Semi-Árido, 2015.
Rehder VLG, Melo LV, Kohn LK, Carvalho JE, Antonio MA, Silvestre A, Santos AS. Atividade antiproliferativa de lignanas isoladas de Phyllanthus amarus Schum. e Thonn. Poços de Caldas: Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Química; 2003.
Ruiz LS, Pereira VBR. Importância dos fungos no ambiente hospitalar. Bol. Inst. Adolfo Lutz 2016; 26 (2): 1-3.
Sá Silva FS, Ferreira TM, Teodoro GR, Costa ACBP, Maria A, Beltrame Junior M, et al. Atividade antifúngica do óleo essencial de Cymbopogon citratus frente a cepas de Candida albicans e Candida tropicalis isoladas de infecções nosocomiais. Rev. Inst. Adolfo Lutz 2009; 68(3): 434-441.
Salomé JR. Análise fitoquímica dos princípios ativos, filantina, hipofilantina e nirantina da quebra-pedra (Phyllanthus amarus Schumach & Thonn), sob condições de déficit hídrico [dissertação]. Brasil: Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz"; 2007.
Santana DP, Ribeiro EL, Menezes ACS, Naves PLF. Novas abordagens sobre os fatores de virulência de Candida albicans. Rev. Ciênc. Méd. Biol. 2013; 12(2): 229-233.
Santos AE. Extração de compostos bioativos do jambolão (Syzygium Cumini (L.) Skeels) a baixas pressões e livre de solvente orgânico [dissertação]. Brasil: Universidade Federal de Santa Catarina; 2017.
Sarin B, Verma N, Martín JP, Mohanty A. An overview of important ethnomedicinal herbs of Phyllanthus species: Present status and future prospects. The Scientific World Journal 2014; 2014 (1): 1-12.
Silva AKF, Lisboa JES, Barbosa MPS, Lima AF. Infecções urinárias nosocomiais causada por fungo do gênero Candida: uma revisão. Ciências Biológicas e da Saúde 2014; 2 (1): 45-57.
Silva ASM. Microbioma Oral O seu papel na saúde e na doença [dissertação]. Brasil: Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias; 2016.
Silva FM. Potencial antifúngico de extratos de plantas medicinais do cerrado brasileiro [dissertação]. Brasil: Universidade de Brasília; 2008.
Silva GM. Candidíase oral: sintomas, diagnósticos e tratamentos [trabalho de conclusão de curso]. Brasil: Faculdade de Educação e Meio Ambiente; 2013.
Silva MJ, Sales MF. O gênero Phyllanthus L. (Phyllantheae - Euphorbiaceae Juss.) no bioma Caatinga do estado de Pernambuco-Brasil. Rodriguésia, 2004: 55(84): 101-126.
Torres DSC, Cordeiro I, Giulietti AM. O gênero Phyllanthus L. (Euphorbiaceae) na Chapada Diamantina, Bahia, Brasil. Acta Botanica Brasilica 2003; 17 (2): 265- 278.
Tyagi T, Agarwal M. Phytochemical screening and GC-MS analysis of bioactive constituents in the ethanolic extract of Pistia stratiotes L. and Eichhornia crassipes (Mart.) solms. Journal of Pharmacognosy and Phytochemistry 2017; 6(1): 195-206.
Venturi S, Randi AM. Influência da coloração das sementes na germinação de Phyllanthus tenellus Roxb. e Phyllanthus niruri L. (Euphorbiaceae). Acta Bot. Bras. 1997; 11(1): 87-94.
Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International License.